Follow:
FASHION

SPFW 5ª dia – Lethícia para Riachuelo, Gloria Coelho, Fernanda Yamamoto, Juliana Jabour, Lolitta, Lino Villaventura e Osklen

Acho que até agora esse foi o dia mais cheio de desfiles no SPFW e um dos desfiles mais esperados era da Lethícia para Riachuelo mais também tivemos Gloria Coelho, Fernanda Yamamoto, Juliana Jabour, Lolitta, Lino Villaventura e Osklen UFA. Não se cansa não, vem comigo saber de tudo.

Lethícia para Riachuelo foi mais uma das parcerias das fast fashion com uma marca e que marca né, Lethícia é famosa peles seus vestidos de festas e noiva maravilhoso, sempre com muito renda e transparência e em sua coleção para Riachuelo não foi diferente né, além disse teve bastante mistura de estampas.

Gloria Coelho tirou os vestidos de festa e trouxe os casacos não só por ser uma coleção de inverno mais também por vestidos de festa estarem saturados segundo ela. Ela apostou no mantô como peça-desejo, usados como vestidos com hot pants por baixo ou com cintos e coletes de faixas de couro que lembram armaduras. Um pouco dos anos 60 também e visto em sua coleção.
 
Fernanda Yamamoto ficou encanta com as comunidades de mulheres rendeiras na Paraíba, Fernanda queia conseguir leveza e um ar mais contemporâneo. Toda a coleção foi feita a mão, uma trabalho totalmente artesanal, emendar cada renda tingir tudo em seu ateliê demorou mais no final valeu muito a pena. Um coleção linda que acima de tudo demostrou inclusão, respeito, descobertas, amor, paciência, tolerância, suavidade e momentos de silêncio.
 
 
 

Juliana Jabour se inspirou na década de 80 uma das suas preferidas mais dessa vez deixou a malharia sofisticada com exceção do tricô para compor uma imagem super oitentista graças às estampas com contrastes vibrantes de cores primárias, exagero no desenho dos prints.

Lolitta inspirada no trabalho artesanal feito em metal nas armaduras medievais, a coleção se desenvolve com tricô que faz parte da marca, com poucas cores e um shape que valoriza a silhueta.
 
 
Lino Villaventura veio com uma desfile conceitual com robotismo, futurismo, psicodelia e exigiu um toque interpretativo de suas modelos. As fashionistas mais ousadas com certeza vestiram.
 
Com a ideia de falar sobre a origem das olimpíadas a Osklen que já faz uma gancho com as olimpíadas 2016 que no final se resulta ao que a Osklen é, esporte mas com uma abordagem mais sofisticada.
Eu sei estou toda atrasada mais vai sair todos os dias 🙂
 


Você também pode gostar:

Previous Post Next Post

No Comments

Leave a Reply